Projeto Anariá do SAS Brasil e Roche levam saúde e informação a 6 escolas de São Paulo

O SAS Brasil e a Roche farão, a partir do próximo sábado (15) um projeto em que levarão ações de saúde feminina e de informação sobre violência doméstica a funcionários, pais e professores de seis escolas da Zona Oeste de São Paulo. A ação é liderada pelo projeto Anariá de saúde e valorização da mulher.

Nos seis encontros, em datas que serão anunciadas adiante, atores voluntários do projeto Anariá encenarão a peça “Felizes para sempre?” para debater o ciclo de violência com a comunidade local. “Esse projeto existe porque identificamos a necessidade de cuidar da saúde da mulher sob a perspectiva da violência”, explica a advogada Helena Salles, coordenadora do projeto.

“A comunicação com a população por meio do teatro foi a melhor forma que encontramos de transmitir o tema com clareza e empatia”, diz Helena. “A população se envolve com a história e, com alguns estímulos, participa muito dos debates que promovemos na sequência. Acabamos compartilhando momentos de muita emoção, troca e aprendizado”.

Atores voluntários do SAS Brasil em encenação da peça ‘Felizes para sempre?’

A programação ainda inclui atividades de saúde, com a realização de palestras e distribuição de cartilhas informativas, e de alegria, com brincadeiras e jogos para as crianças. A primeira comunidade a ser atendida, durante a manhã de sábado (15), é a da Escola Estadual Samuel Klabin, na Vila Dalva.

“O acesso à saúde e a responsabilidade social fazem parte do nosso compromisso e esforço para o estabelecimento de uma sociedade mais justa e igualitária”, comenta Adriana Lima, gerente jurídico e de Responsabilidade Social da Roche. Os princípios de igualdade de gênero estão também entre os valores do SAS Brasil. Por isso, os participantes serão convidados, depois do teatro, para um debate sobre violência doméstica com a coordenadora do projeto.

A conversa é seguida de uma oficina de autovalorização, em que as participantes são maquiadas e recebem cuidados de uma manicure. É um momento de desabafo e de compartilhamento individual de histórias com as voluntárias, capacitadas para orientar vítimas de violência sobre como buscar ajuda corretamente.

Voluntárias fazem cuidados de participantes do projeto

Adriana, da Roche, destaca que a empresa aderiu recentemente aos Princípios do Empoderamento Feminino e da Igualdade de Gênero da ONU Mulheres. “Como parte de sua atuação, pretende estender suas iniciativas para a comunidade do entorno de sua sede, no Jaguaré, com a qual mantém um relacionamento próximo e desenvolve projetos sociais há quase 20 anos”, completa.

“Acreditamos que saúde e educação são pilares fundamentais para um mundo melhor e entendemos que, como empresa, temos um importante papel em disseminá-los”, destaca Adriana. “É por isso que ter a oportunidade de atuar com o SAS Brasil, engajando nossos colaboradores, nos permite atender necessidades reais e sermos agentes de mudança”, completa. A Roche é patrocinadora das ações do SAS Brasil desde 2014.

As ações do projeto Anariá nas escolas têm inscrições abertas. Funcionários da Roche e outros interessados estão convidados a participar. A equipe da primeira ação já está fechada, mas os interessados serão avisados por e-mail sobre as novas datas para poder participar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *