Voluntariado na SAS Brasil

Se você chegou até aqui é porque compartilhamos a mesma vontade: ser parte da transformação do acesso à saúde especializada no Brasil. Confere?! Mais que um programa de voluntariado, na SAS Brasil você se torna SASer (ésse-á-é-ser). Isso significa ser agente da transformação e ser parte de uma rede de pessoas, estudantes ou profissional de saúde ou de qualquer área de atuação, com a mesma vontade e propósito de levar saúde, com alegria, para quem mais precisa. 

Atualmente, há duas maneiras de atuar na SAS Brasil: na tela, com a telessaúde, e na terra, com as ações presenciais. Conheça mais sobre elas: 

Telessaúde: 

Com a telessaúde, a SAS Brasil atua de forma perene, durante todo o ano, de domingo a domingo, com consultas à distância para pessoas que vivem no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, no Jardim Colombo, em São Paulo e nas cidades onde estão instaladas as nossas Unidades de Telemedicina Avançada, conteineres adaptados com estrutura para atendimentos presenciais e remotos instalados nas cidades de Cruz e Acaraú, no Ceará, Santo Amaro, no Maranhão e Cavalcante, em Goiás. Sem sair de casa e com dedicação de ao menos 3 horas por semana, profissionais da saúde das áreas de Enfermagem, Medicina, Psicologia, Nutrição, Fisioterapia entre outras, podem atuar realizando o atendimento remoto da população dessas regiões atendidas pela SAS Brasil. 

Se interessou? Saiba mais e inscreva-se agora mesmo no programa de voluntariado da SAS Brasil. 

Ações presenciais 

Periodicamente, a SAS Brasil vai a campo para levar atendimento especializado para quem mais precisa. Temos, atualmente, três tipos de atuação “na terra”: os mutirinhos e mutirões, realizados nas cidades onde estão instaladas às Unidades de Telemedicina Avançada, e as expedições.

Os mutirinhos são ações periódicas com o objetivo de mapear demandas de saúde de um determinado público-alvo. Uma equipe menor, composta em sua maioria por profissionais de saúde, é responsável por coletar exames, realizar triagens e avaliações de pacientes. Em média, os mutirinhos têm duração de uma a duas semanas em cada cidade. 

Uma vez mapeadas as demandas e com o resultado dos exames em mãos, os mutirões acontecem para a resolução das demandas de saúde mapeadas previamente. No mutirão, uma equipe maior e multidisciplinar retorna às cidades, para a realização de consultas, procedimentos e cirurgias especializadas. Além de profissionais de saúde, essa ação conta com voluntários de todas as áreas, que atuam desde o acolhimento do paciente até nas áreas de comunicação, infraestrutura, alegria entre outras. O mutirão tem duração média de dois dias por cidade atendida. 

Por fim, as expedições. A mais famosa é a Expedição Sertões, que acontece simultaneamente à competição offroad, realizada anualmente entre os meses de agosto e setembro. Nas expedições, nossas Unidades Móveis de Saúde, carretas adaptadas com consultórios médicos e odontológicos, percorrem cidades remotas do país com o objetivo de zerar as filas de espera do SUS para as especialidades oferecidas pela SAS Brasil. As expedições também reúnem uma equipe multidisciplinar, desde especialistas para atendimentos, consultas, exames e procedimentos, a profissionais e estudantes de qualquer área para atuação no acolhimento, alegria, comunicação, infraestrutura, produção entre outras áreas. Nesse formato de ação, a SAS Brasil costuma ficar entre um e três dias nas cidades atendidas. 

Inscreva-se na nossa próxima ação presencial no Ceará, entre os dias 1 e 6 de novembro de 2022

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das próximas datas de ações presenciais.